Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

Sejam Felizes! de José Ceitil (Opinião)

Milheiras, 08.04.20
A minha opinião:
Um livro relativamente pequeno que eu demorei uns longos meses a ler 5 ou 6 talvez que esteve na minha estante mais de 5 anos sem lhe pegar.  Adorei sem dúvida um dos eleitos como melhor livro para mim e para eventualmente voltar a ler. Que delicia de livro!
 
O autor explicou assim esta obra:
"Este é um ensaio que não pretende ser mais do que um escrito ligeiro e despretensioso sobre alguns temas que influenciam decisivamente a forma e a qualidade de vida de cada um de nós. O livro está dividido em capítulos que tratam das relações entre pais e filhos, da importância que as heranças, a história e a geografia, têm na formação do carácter e da identidade, passando pela amizade, o amor, as viagens, e a luta contra os medos e as dependências várias que nos atormentam, terminando numa visão desapiedada das religiões e política."
 
 
Excertos:
 
"Da vida ninguém sabe o suficiente para afirmar com segurança e absoluta certeza o que é preciso fazer para a viver bem, e deve ser por essa razão que não se vê gente séria a dar conselhos ou a falar de cátedra sobre o assunto e muito menos a passar receitas infalíveis e milagrosas que tal permitam." p.p. 9
 
" O trabalho dessas pessoas, a principio estranhas, que passam a maior parte do dia connosco, é de grande importância e vai-nos acompanhar para o bem e para o mal +ara o resto da vida. Mas o contributo fundamental para a nossa formação, é que vai determinante no tipo de pessoa que vamos ser, vem dos nossos pais." p.p. 14
 
" Controlar a vida significa sermos senhores de nós e da nossa vontade, do nosso tempo e de tudo o que por direito nos pertence, incluindo a ambição, a independência e a liberdade." p.p.25
 
" Temos a obrigação de ser solidários com aqueles que não têm meios de se valer a  si próprios.
A responsabilidade social do Estado não impede a responsabilidade pessoal dos individuos. Se cada um fizer isso, se conseguir fugir a preconceitos e a estigmas alimentados por chauvinismos e outros sintomas de intolerância, o nosso bairro e a nossa terra podem tornar-se melhores lugares para se viver." p.p. 136
 
 
Wook.pt - Sejam Felizes!
 
Título: Sejam Felizes!
Autor: José Ceitil
Edição/reimpressão:2008
Páginas: 152
Editor: Tecto de Nuvens
ISBN: 9789899571655
 
 
Sinopse
Sejam Felizes! - É o desafio que o autor faz. A experiência de 60 anos de vida e um olhar atento e perspicaz sobre o que nos rodeia, levam-no a reflectir sobre o que nos rodeia. O resultado dessas observações traduz-se num texto que não pretende ser paternalista, mas apenas uma reflexão sobre a vida, que o autor quer partilhar com os mais jovens, sob a forma de um conjunto de conselhos organizados por temas.
 
Finalizada a leitura em 30-09-2015

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.