Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

A queda de um Anjo - Camilo Castelo Branco

Milheiras, 21.05.13

 

Um dos clássicos que eu adoro. No meu tempo de escola éramos obrigados a ler obras de alguns clássicos. Houve poucos que tivesse gostado de ler. O que fez com que sempre fugisse a sete pés destes escritores. Mas numa tarde de Verão sem nada para fazer e com a Casa da Cultura (Biblioteca local) fechada, resolvi ir à estante do meu pai, e descobri esta obra maravilhosa... Sem dúvida um dos livros da minha vida...

O que me surpreende neste livro é a intemporalidade do enredo. Mudávamos os tempos  para os nossos dias e íamos encontrar histórias semelhantes.

Um homem sério que deixa toda a sua vida para se tornar deputado... E mais não digo! Têm de ler...

 

 

Sinopse

"Calisto Elói é um erudito fidalgo transmontano, austero e conservador, ligado ao passado, às lições da História, às antigas noções de moralidade e bondade e mergulhado constantemente nos seus clássicos de História, Cultura, Música, Vinhos, Filosofia. Eleito deputado do Minho, Calisto é enviado para Lisboa como representante da região. Defensor acérrimo das suas convicções sobre a moral, a verdade e a justiça, a sua cruzada contra a depravação e a corrupção acaba esquecida, quando ele próprio se deixa corromper pelo luxo e pelo prazer que imperam na capital, tomando como amante uma prima afastada, Ifigénia, e transitando da oposição miguelista para o partido liberal no governo. Ironicamente, Teodora, esposa de Calisto, acaba por imitá-lo na devassidão: desprezada pelo marido, une-se a um primo interesseiro e sucumbe aos vícios da modernidade."

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.