Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

O Cheiro dos Livros

Depois de ser uma aventura radiofónica resume-se agora a uma forma de manter a minha biblioteca pessoal organizada...

Orlando Piedade (Biografia)

Milheiras, 20.09.22

44461864_1965427986856602_6679841057829552128_n.jp

Orlando da Glória Silva Piedade nasceu em São Tomé, em 1974. Mestre em Engenharia Informática pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e Licenciado em Informática de Gestão pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. É  o autor dos romances:

"O Amor Proibido"

São Tomé e Príncipe séculos XV-XVIII. Um amor proibido entre um negro, filho de escravos, e uma mestiça, filha de uma fazendeira rica e um branco pertencente às elites colonizadoras, numa sociedade complexa, dominada pelo racismo, interesses económicos, jogos de poder e vicissitudes públicas das mais diversas ordens. O Amor Proibido retrata a chegada dos portugueses, o povoamento das ilhas através do tráfico de escravos e os degredados provenientes da metrópole, bem como, a fundação das cidades de São Tomé e de Santo António. Retrata ainda a evolução económica, a criação de uma sociedade crioula complexa, diversificada e especialmente propensa às conflitualidades. Os escravos, os angolares, a vida dos foragidos, a vida nas roças, o papel das mulheres naquela sociedade, as mulheres casadas, o casamento e as ligações económico-sociais são aspectos também focados

"Os Meninos Judeus Desterrados"

Depois de O Amor Proibido o escritor Orlando Piedade leva-nos, novamente, até São Tomé e Príncipe para um novo romance baseado em factos verídicos.
Tendo como pano de fundo a história de duas mil crianças com idades compreendidas entre os seis e oito anos, na sua maioria filhos de judeus castelhanos que fugiram à inquisição no reino de Castela, durante o reinado dos reis católicos. Retiradas aos pais e enviadas por ordem d’El-Rei D. João II para povoar as ilhas de São Tomé e Príncipe, no ano de mil quatrocentos e noventa e três, logo fase inicial do povoamento destas ilhas.
Baseado numa rigorosa investigação histórica, este romance narra o percurso de uma criança de seis anos que sobrevive e vence contra todas as probabilidades. Com especial apetência para atrair o perigo, quer por onde passe, Javier encontra o seu grande amor blindado pelo ódio religioso que o obriga a caminhar sobre o fio da navalha.

 

"Escravos e Homens Livres"

Depois de ter sido distinguido com o prémio literário Francisco José Tenreiro 2015 com o livro Os Meninos Judeus Desterrados - um romance baseado em factos históricos que relata o percurso de cerca de duas mil crianças judias, com idades compreendidas entre os seis e oito anos, retiradas aos pais, enviadas para povoar as ilhas de São Tomé e Príncipe, sob as ordens do capitão donatário Álvaro de Caminha, no ano 1493, ainda numa fase bastante embrionária do povoamento destas ilhas - o autor regressa com mais um romance, também este baseado em factos históricos.

Desta feita, versa sobre a vida dos africanos em Lisboa, expondo as duras condições de vida que tiveram, depois da abolição da escravatura em Portugal, decretada pelo Marques de Pombal, em 1773. Desta vez, o autor não só nos leva, outra vez, até São Tomé e Príncipe como também a Luanda, tendo sempre como pano de fundo factos verídicos.

Dientes De Leche de Ignacio Martínez de Pisón (Opinião)

Milheiras, 19.09.22

Título: Dientes De Leche ("Booket")
Autor:  Ignacio Martínez de Pisón
 
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 384
Editor: Booket
ISBN: 9788432250378
Coleção: Qüasyeditorial.
Idioma: Espanhol
 
Início da leitura: 31-05-2014
 
Terminus da leitura: 07-09-2022
 
 
Opinião:
 
Foi uma leitura longa, não por difícil leitura, mas como é um livro de bolso, só me acompanhava, para consultas, a praia e outros momentos de espera...
Numa altura que voltamos a ter guerra na Europa, devia ser uma leitura obrigatória. Porque nos mostra os 2 lados da barricada, e como os dois lados têm pessoas (com todos os defeitos e qualidades).
E como as Guerras podem afectar as gerações vindouras...
Muito mais haveria para dizer, mas espero que tenham ficado com curiosidade em ler...